Descubra agora porque deve reunir a sua equipa já neste Natal

Toda a gente adora uma boa festa de Natal. Quem não? Mais ainda depois de dois anos de restrições. Em especial nesta época. Este Natal, não haverá pandemia. Espera-se que 79% das pessoas regressem a convívios de Natal presenciais.


Por isso, é hora de reunir novamente a sua equipa. E há três boas razões para fazê-lo.



Um jantar de Natal é a oportunidade perfeita para falar de conquistas partilhadas de uma forma mais informal e envolvente. Que a todos toca.

Hoje, lidera um projeto e uma equipa na sua empresa. Mas também é colaborador. E de certeza que se recorda de muitos dos melhores momentos. E o mais certo é que muitos desses momentos tenham acontecido – ou sido partilhados – em encontros informais de colegas. Em momentos como o almoço ou o jantar de Natal.


Por uma razão simples. Nestas alturas, a predisposição mental e emocional das pessoas é maior e mais flexível. Estão mais sensíveis à conexão. Ao envolvimento. Ao conceito de “pertencer a algo maior”.


Um convívio de Natal é a oportunidade perfeita para pôr a sua equipa a recordar, partilhar e celebrar conquistas. E quanto mais infundir as suas pessoas com esta sensação positiva de conquista, mais disponíveis elas estarão de seguida para novas metas, novos desafios. Pode até pensar nalgumas dinâmicas de grupo para fomentar esta partilha ativa de sucessos!


E celebrá-los. Marcando o mood para o novo ano que se avizinha.


Estamos num momento de muita ansiedade e insegurança em relação ao futuro próximo. Reunir e definir objetivos comuns pode ajudar a criar o espírito de empreendedorismo certo.

Pense numa coisa muito simples: a sua equipa é feita de pessoas. E as pessoas vivem num ambiente. Que as molda e influencia.

Estamos num período especialmente confuso. Há demasiada ansiedade e insegurança no ar. E estes ingredientes são como um cocktail molotof quando descontrolados.


É tudo menos o que precisa para começar a traçar a estratégia de mais um ano vencedor. Por isso, aproveite para reunir os seus e definir o mindset. Prepare algumas ideias. Ou algumas atividades simples. Ou mesmo um discurso leve.

Comece por ser grato a todos pelo contributo. Destaque três aspetos que, em 2022, fizeram a diferença. Depois, some os dois maiores desafios para 2023. E feche focando-se nas competências que gostaria de ver aportadas por todos ao projeto para que, daqui a um ano, possam estar mais uma vez reunidos a celebrar. E crescer de forma sustentável.


O momento certo para reforçar laços e trabalhar a empatia.

Aproveite o momento para gerar dinâmicas simples de multidisciplinaridade. Colocar pessoas que habitualmente não interagem tanto no espaço de trabalho a falarem umas com as outras.


A sua cultura organizacional vai beneficiar sempre que for capaz de gerar ciclos de empatia. E às vezes só precisamos de compreender as circunstâncias do dia-a-dia dos nossos colegas de áreas e departamentos diferentes para que isso impacte a forma como, de futuro, vamos considerá-los, tratá-los ou trabalhar com eles.

De uma forma simples, informal, há jogos que pode trazer para o seu jantar de Natal por forma a reforçar os laços e a empatia. E, lembre-se, como já dissemos, nestas alturas, a predisposição mental e emocional das pessoas é maior e mais flexível.


Agora que há três boas razões para pertencer aos 79% que, este ano, regressam a convívios de Natal presenciais, é claro que vai precisar do espaço certo!


Já sabe que vamos puxar a brasa à nossa sardinha. E puxar literalmente da brasa. Mas há uma coisa que não pode negar. No Camelo Apúlia encontra um equilíbrio entre conforto e boa comida – e bom vinho já agora – que, em tudo, ajuda a este ambiente de envolvência e partilha que quer criar. E, além disso, é fácil de estacionar! E tem cheiro a mar.


Parece que ficou fácil decidir! Por isso, consulte o nosso menu de Natal para grupos e ligue-nos hoje mesmo para reservar!



2 visualizações